Possibilidades dos vazios: O campo – Vazio S/A

O fotógrafo Joachim Schmid tem um ensaio fotográfico sobre campos de futebol no Brasil (O Campo, 2010) que mostra que, dependendo das contingências encontradas, nem sempre o futebol precisa ser praticado num retângulo. Mais do que uma revelação de que esse esporte pode se acomodar a topografia e a limites não ortogonais, as fotos mostram um fantástico contraste vazio/sólido em meio a um tecido urbano denso e irregular – certamente uma favela. E traduzem a ideia de que, mesmo num bairro informal onde grande é a pressão por novas ocupações, e mesmo que os prédios vizinhos tenham que se debruçar ombro a ombro, equilibrando-se para manter livre a geometria orgânica desse Campo –; mesmo assim, esse vazio insólito e inaudito vai sempre permanecer desocupado por causa da sua óbvia importância para todos aqueles que o usam.

Foto publicada originalmente em Pise a Grama nº 3.
Ver também Joachim Schmid.

No comments | categoria[s]: Ensaios | tag[s]: , , ,
Compartilhar

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

*
*